A Realidade Virtual (VR) está chegando com força

Hoje começa a chegar o Oculus Rift aos americanos que já o encomendaram e estão todos falando sobre Realidade Virtual, conhecida pela sigla VR. O assunto vem ganhando destaque da mídia especializada em tecnologia, como o portal WIRED e em feiras como a Game Developer Conference e o SXSW (South by Sowthwest) 2016, evento que reúne o que há de mais trendy no mundo da cultura digital.

Você já deve ter ouvido falar de VR e talvez até tenha experimentado em alguma exposição de arte eletrônica (a FILE, por exemplo). Trata-se de uma linguagem e um meio digital para apresentar obras audiovisuais. A VR é bem mais imersiva que o cinema 3D: para interagir (e não apenas “assistir”) com a VR você também coloca um óculos, mas é você que controla a câmera ao movimentar a cabeça e direcionar seu olhar. É como um videogame open world (mundo aberto): um universo criado pelos desenvolvedores fica disponível para ser explorado por cada “usuário”.

E é justamente a indústria dos games, mais do que a do cinema arrisco dizer, que vem dando força à VR.

Visitantes de stands na SXSW experimentam a Realidade Virtual (VR)

Gadgets começam a chegar aos consumidores

Para navegar em obras de Realidade Virtual, cada usuário deve utilizar um óculos para total imersão nos universos desenvolvidos pelos criadores. Imagine um filme de terror em que você mesmo, e não o personagem do filme, deve se locomover em um hospital abandonado e mal iluminado? Você está na sala de sua casa, mas totalmente imerso no ambiente através do óculos de VR.

Dois modelos são destaque no mercado atualmente:

Oculus Rift (Samsung)

  • Você precisa de um PC com windows para rodar jogos e filmes.
  • Um sensor, estilo o Kinect do Xbox, detecta seus movimentos e os transfere para o ambiente virtual.
  • Um joystic é usado para otimizar os controles.
  • Interessados já podem comprar o Oculus com previsão de entrega em Julho/2016.

 

Playstation VR

  • Para ser usado em conjunto com o Playstation 4.
  • As lâmpadas led embutidas no controle Dualshock e nos óculos funcionam como sensores de movimento e são captadas pela PlayStation Camera, que deve ser acoplada ao console.
  •  Lançamento previsto para Outubro de 2016.

DEEP – O universo VR cada vez mais pessoal

É bastante razoável se questionar se a Realidade Virtual é benéfica para a saúde física, mental, espiritual, metafísica, etc. A total imersão em um universo gerado por computador por muitas horas traz mais riscos que a exposição prolongada ao Netflix ou Game Box? Ver pornografia em VR é uma boa ideia?

Questões como esta ganham mais espaço à medida que a VR chega a mais lares. Ainda teremos muitos debates a respeito, mas já há pelo menos um exemplo de Realidade Virtual usada para o bem-estar.

Como muitos desenvolvedores/programadores, e tantos outros profissionais hoje em dia, o Game Designer Owen Harris  se viu lutando contra a depressão e a ansiedade.  Ele usou a meditação e técnicas de respiração para superar as crises e viver melhor.  Desta experiência, surgiu a ideia de criar DEEP, uma espécie de universo submarino para onde se pode escapar ao final do dia para relaxar.

DEEP é controlado pela respiração e possui áudio bem relaxante. É a prova de que o universo VR deve se tornar cada vez mais uma experiência pessoal, a serviço de muitos propósitos além do puro entretenimento.

 

 

2 thoughts on “A Realidade Virtual (VR) está chegando com força

  1. marcio gentil

    EH CONECTADA AO CELULAR DO USUARIO?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *